Professor Joaquim Shaku Shoshin Monteiro

Nota: O Prof. Rev. Monteiro, sôryô na escola Jôdô Shinshô (Verdadeira Terra Pura), ao se mudar para fora de Porto Alegre, deixou se ter qualquer afiliação como Professor Visitante do Jisui Zendô – Sanga Águas da Compaixão. Ao nos deixar, autorizou o nosso uso das gravações (em mp3 ou em vídeo) das aulas que ministrou no período de 2007 a 2012 na forma de cursos on-line (EAD).  Como todo bom professor que sempre continua os seus estudos, sabemos que, se fosse dar os mesmos cursos agora, vários anos depois, possivelmente daria uma outra interpretação. Mesmo assim, consideramos estas aulas, mesmo sendo mais antigas, de grande valor e as oferecemos com muita gratidão e orgulho.

Sobre o Rev. Prof. Monteiro:
Formado em Psicologia pela Universidade Santa Úrsula, do Rio de Janeiro, o Professor Monteiro continuou sua carreira acadêmica no Japão e em Taiwan, países onde lecionou em instituições de Ensino Superior. No Japão permaneceu 18 anos, entre 1985 e 2003, onde formou-se no Seminário Budista de Shinshu Otani-ha da Tradição Terra Pura, em Kyoto, em junho de 1987. Posteriormente cursou o mestrado e o doutorado na Universidade Soto Zen Budista de Komazawa*, em Tóquio, onde especializou-se no estudo do Budismo Chinês, e recebeu o título de Doutor, em março de 2000.

Durante sua atuação acadêmica profissional, atuou como pesquisador do Instituto de Pesquisa de Cultura Budista, na Universidade Doho, em Nagóia de 1989 a 2004. Entre 2001 e 2003, foi professor horista do Departamento de Estudos Budistas da Universidade de Komazawa, em Tóquio. Em 2003 foi convidado a ensinar e pesquisar no Departamento de Língua Japonesa da Ishou University, em Taiwan, e transferiu residência para este país permanecendo até 2005, quando retornou ao Brasil.

Foi palestrante da Universidade Falada e professor da Unipaz e da Comunidade Zen Budista Águas da Compaixão, onde ministrou cursos e palestras regulares e colaborou como palestrante especial no Sangaku Sesshin anualmente no período de Carnaval até 2012.

A produção intelectual do Professor Joaquim Monteiro está praticamente toda em Japonês, língua em que escreveu um livro e uma série de artigos teóricos sobre os Estudos Budistas. Dentre eles destacam-se o livro Crítica ao Budismo Imperial – 1998; e os artigos Resenha do livro “Pruning the Bodhi Tree – The Storm over Critical Buddhism” – 1998, A Respeito da Relação entre o Budismo e os Direitos Humanos – Centrado entre o Discurso e a Discriminação – 2001, Shoyo: Paul J. Griffiths, Religious Reading – The Place of Reading in the Practice of Religion – 2001; O Problema da Filosofia Budista no Japão Contemporâneo – 2002, e A Respeito da Problemática Metodológica dos Estudos Budistas – Sua Relação com as Questões do Autoritarismo e da Discriminação – 2002.  (Todos os títulos são traduções dos mesmos em Japonês.)

No Brasil, é autor do livro O Budismo Yogacara: Uma Introdução, e co-autor dos livros Antologia Budista e Budismo e Filosofia. Também contribua artigos a revistas.

Ele pode ser encontrado na sua página de Facebook.

Baixar o seu artigo Filosofia budista: uma breve introdução.

* A Universidade de Komazawa (駒澤大學, Komazawa Daigaku) é uma das universidades mais antigas do Japão, tendo sido fundada em 1592 como seminário para monges da escola Soto Zen. É uma das universidades budistas mais importantes do mundo.

Prof. Monteiro — Entrevista — TVCom — 6 fev 2008:

Palestra “Budismo na China e Japão” realizada no CEBB Caminho de Meio, Viamão-RS, durante o evento “Budismo no Mundo Contemporâneo”, em fevereiro de 2008. Gravada por Melissa Flores.

. CNPq – Diretório de grupos de pesquisa no Brasil
. CNPq – Currículo Lattes

Anúncios

4 Respostas to “Professor Joaquim Shaku Shoshin Monteiro”

  1. Túlio Vajra Says:

    Sempre muito boas as elucidações do professor!
    Tive a grande sorte de poder ter conversas particulares com ele.
    Fico muito feliz de poder averiguar o quanto o budismo está florescendo no Sul, em especial no Rio Grande do Sul.
    Parabéns a todos e continuem emanando essa luz!!!

    Curtir

  2. Rev. Wagner Haku-Shin Says:

    Caro Irmão no Dharma,
    Parabén pela excelente entrevista.
    Só foi uma pena que o entrevistador ficava fazendo intervenções a todo instante, não permitindo que os assuntos fossem aprofundados.
    Gasshô

    Curtir

  3. Reivax Argen Says:

    Caro irmão do Dharma; suas palestras sobre O Budismo da Terra Pura são fundamentais para que outros irmãos do Dharma ou não, entendam o próprio. Que preza pela sua singularidade – sem se abster das duas vertentes filosófica-prática: Citramatra e Madhyamicca, ou seja; “Somente Conscência” e a “Dialética do Vazio”. Gasshô

    Curtir

  4. Quatro exemplos práticos para entender a meditação | Ano Zero Says:

    […] resolveu se radicar em Porto Alegre após anos de formação no Japão, e aulas de meditação do Professor Monteiro, que ficou dezoito anos no Japão, fazendo mestrado e doutorado sobre o budismo na […]

    Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: