Jihi Sesshin (Retiro da Compaixão)


Positive reinforcement word Compassion engrained in a rockAproveitando do feriado da Páscoa cristã para fazer um retiro zen budista, lembramos que tanto o Budismo quanto o Cristianismo compartilham o cultivo da virtude da compaixão.

Por este motivo, o tema deste retiro de estudo e convivência – Jihi Sesshin (慈悲接心) –  é justamente a compaixão – um momento para refletirmos sobre o seu verdadeiro significado e como podemos viver de uma forma compassiva.

Este ano (2018, dias 29 de março a 1 de abril), o foco será o uso do dinheiro como uma parte da prática de compaixão, dando continuidade ao estudo sobre O Zen do Dinheiro iniciado no Natsu Sesshin (Retiro de Verão) de 2018.

Informações, Ficha de inscrição e Valores Sugeridosencontram-se nesta página.

 

 

Anúncios

Depoimento: Uma pequena folha de grama


Compartilhando do postulante-monástico Daniel Confortin:

Uma pequena folha de grama

Em 2014 tomei meu caminho até Kathmandu para estudar no Rangjung Yeshe Institute, um centro de estudos budistas filiado à Kathmandu University e ao Ka-Nying Shedrub Ling. Chegar até lá não foi nada fácil. Mesmo não sendo minha primeira “carreira das Índias”, deixar tudo para trás e permanecer lá por cerca de um ano nos rigores do monastério foi uma das experiências mais exigentes (para dizer o mínimo) de toda a minha vida.

Estudantes do Rangjung Yeshe Institute durante o Seminário Anual de 2014 com as bençãos de Chokyi Nyima Rinpoche.

Ao regressar, já em meados de 2015, fugindo de um terremoto que matou quase nove mil pessoas, encontrei em Passo Fundo (RS) um local e alguns amigos para continuar os estudos do Darma.

O local foi a Casa Carino Corso, cedido gentilmente pela querida Ana Carina Schell Corso, e os amigos foram Pablo João da Costa e Candice Machado. Nossas reuniões buscavam emular o modelo de “Dharma House” proposto por Chokyi Nyima Rinpoche, meu querido professor e abade do monastério onde estudei no Nepal. Misturávamos estudos de textos clássicos e práticas de meditação, volta e meia organizando um ou outro retiro. Durante esse período estudamos textos como “A Revolução da Atenção” de Alan Wallace, um comentário sobre o Sutra do Coração Por S.E. Gyalwa Dokhampa e o comentário de Thich Nhat Hanh sobre o Satipatthana Sutta.

Primeiro retiro com Lama Jigme Lhawang, representante no Brasil da linhagem Drukpa do Budismo himalaico.

Os primeiros dois retiros promovidos pelo grupo (agora maior) no ano de 2016 foram com o grande amigo e professor Lama Jigme Lhawang que nos ofereceu uma introdução a meditação no Budismo Himalaico e também uma visão das Quatro Nobres Verdades. Foram mais de trezentas pessoas entre palestras pública e retiros!

Já em 2017, depois de diversos encontros e desencontros, convidamos a Monja Isshin, Sensei, do Jisui Zendô. O objetivo inicial, em meio à uma greve geral que parava o país, era fazer uma comparação entre as abordagens do Mindfulness e a meditação nos caminhos espirituais. A palestra pública atraiu cerca de 100 pessoas e o retiro mais de 30! Acredito que foi durante esse retiro que agimos realmente como Sanga, como um grupo.

continua no Medium

Mini-curso 03: O Zen e As Paramitas


Mini-Curso 03 Arte-EmailMini-Curso 03: O Zen e As Paramitas
2, 9, 23, 30 de março, 2018 ás 20h

  1. Introdução
    1. Significado de Paramita
    2. Desenvolvimento das Paramitas
    3. Os Quatro Incomensuraveis
    4. Bodaisatta Shishôbô (The Four Ways a Bodhisattva Acts to Benefit Human Beings) de Mestre Dogen
  2. As Paramitas da Mahayana 1 e 2
    1. Dāna pāramitā
    2. Śīla pāramitā
  3. As Paramitas da Mahayana 3 e 4
    1. Kṣānti pāramitā
    2. Vīrya pāramitā
  4. As Paramitas da Mahayana 5 e 6
    1. Dhyāna pāramitā
    2. Prajñā pāramitā
    3. As Paramitas na Escola Teravada

Contribuição mínima: R$ 60
Pagamento deverá ser realizado através de PagSeguro pelo link abaixo:

Você também pode tornar-se membro da Sanga Virtual Jisui. Com sua filiação você tem acesso direto a este e outros cursos e ainda ajuda na divulgação dos ensinamentos preciosos que o Budismo oferece. Mais informações entre em contato através do e-mail aguasdacompaixao@gmail.com


Formulário de inscrição para o Mini-curso 01:

 ATENÇÃO: Antes de enviar o formulário de inscrição faça o pagamento como indicado acima para que possamos confirmar sua vaga. Muito obrigado!

Reflexóes de Praticantes Leigos (01)


9a781f79111226e6891b81e30fc7e138--zen-meditation-namasteO membro-praticante da Sanga Frederico Blanco de Miranda compartilhou conosco, no nosso grupo de WhatsApp, a seguinte reflexão:

Estava aqui pensando sobre maneiras de tornar a pratica mais forte do que as circunstancias do dia a dia. A resposta obvia é praticar. Afinal, é praticando que a pratica se fortalece.

No entanto, quando nossa pratica ainda esta iniciando, as circunstancias do dia a dia acabam facilmente se sobrepondo à pratica. É como se a pratica ficasse embaçada.

E ficamos tentando torná-la lìmpida e fluida, mas constantemente estamos absorvendo os ruidos das circunstancias externas. É como estar sempre começando do zero. É facil desistir, nem tão facil continuar.

O problema é que a mente perde o equilibrio alcançado muito facilmente. É facil para a mente voltar ao ponto em que estava antes, ou seja, a zona do conforto. Zona essa que por mais que esteja repleta de padroes negativos é o local habitual dela.

Acho que as circunstancias sao mais fortes do que a pratica porque a mente é mais fraca do que as circunstancias. A mente atua como uma vitima do mundo ao redor. E ela reage. Ela reage de muitas formas, desde se deprimir, tentar se impor ou ficar indiferente. Parece haver perigo em todas as possibilidades de reaçao da mente.

Alcançar o equilibrio parece ser algo que só os pintores e dançarinos tem facilidade para conseguir. Para quem nao tem muita habilidade com traços, cores e sombras, nem com o movimento dos pés, o trabalho é muito mais duro…

Eu falei em fortalecer a pratica com o intuito de fortalecer a mente, mas é interessante perceber que pratica e mente sao a mesma coisa. Pratica fortalecida significa mente fortalecida, e mente fortalecida significa pratica fortalecida.

– 18/01/2018

Retiro de Fim de Ano (Saimatsu Sesshin)


end-of-year-d-render-new-year-concept-cubes-red-over-white-background-represents-97418826Os últimos dias do ano nos oferecem um momento oportuno para refletir sobre o ano que está acabando e de nos preparamos para a entrada do ano novo.

Este ano, 2017, faremos o Saimatsu Sesshin no final de semana, de 6a-feira do dia 29 até a passagem do ano na noite do dia 31 de dezembro, terminando com as atividades tradicionais de Zazenkai de Encerramento do Ano Velho e Entrada do Ano Novo .

Participe – total ou parcialmente, presencialmente ou à distância ao vivo pela internet – homenageando e dando vida ao Ser Iluminado em cada um de nós e em todo o Cosmos. O retiro será realizado na casa-sede e haverá a possibilidade de pernoite.

Os nossos retiros são abertos tanto para iniciantes quanto para praticantes avançados, com programação alternativa para os mais novos à prática.

Ver informações e Ficha de Inscrição.

Próximos Retiros no Jisui Zendô


zen-es-zazenTemos três Sesshins (Retiros) nos próximos meses!

Faça já a sua inscrição e guarde as datas!

  1. Saimatsu Sesshin (Retiro de Fim de Ano)
  2. Retiro de Verão 2018: O Zen do Dinheiro
  3. Sangaku Sesshin (Retiro dos Três Treinamentos) – feriado de carnaval

Mini-curso 02: Novembro 2017 – O Zen e O Caminho de Oito Aspectos


O Zen e O Caminho de Oito Aspectos

Five_disciples_at_Sarnath4 aulas (Presenciais e Pela Internet ao Vivo)
Nas 6as-feiras, dias 3, 10, 17 e 24 de novembro de 2017
às 20:00h

A Verdade do Caminho de Oito Aspectos (Marga, Has-shôdô)
1. Introdução
a. Como interpretar o termo “Correto”
b. O Tripé da Prática (Sangaku)
2. Estudo
a. A Compreensão Correta (Visão Correta – Samma-ditthi, Shôken)
b. O Pensamento Correto (Intenção Correta – Samma-sankappa, Shô-shiyui)
3. Moralidade
a. A Fala Correta (Samma-vaca, Shôgo)
b. A Ação Correta (Samma-kammanta, Shôgô)
c. O Meio de Vida Correto (Samma-ajiva, Shômyô)
4. Meditação
a. O Esforço Correto (Samma-vayama, Shôshôjin)
b. A Atenção Plena Correta (Samma-sati, Shônen)
c. A Concentração Correta (Meditação Correta – Samma-samadhi, Shôjô)

Informações e Inscrições nesta página.

%d blogueiros gostam disto: