Por mais compaixão

reproduzo do Blog das Religiões do Grupo de diálogo Interreligioso de Porto Alegre

Por mais compaixão

Karen Armstrong, historiadora da religião, abre o Fronteiras 2013

Se Deus de fato é amor, como explicar guerras santas e ódios religiosos? Essa é uma das questões que devem nortear a palestra com que Karen Armstrong abre hoje, às 19h30min, no Salão de Atos da UFRGS, a edição 2013 do Fronteiras do Pensamento.

Karen Armstrong é o tipo de figura que tem algo de fato a contribuir no atual debate religioso. Sua obra é uma erudita e instigante investigação não sobre os dogmas, mas sobre os fundamentos filosóficos comuns das grandes religiões do Ocidente: Cristianismo, Islamismo e Judaísmo, não por acaso definidos por ela como “religiões-irmãs”.

Armstrong fala do sofrimento como um traço comum à experiência religiosa, mas não como fundamento de virtuosismo purificador, como o foi para boa parte da teologia medieval. Para ela, dado que a experiência do sofrimento atravessa a história humana, a compaixão pela dor do próximo é o apelo moral comum a todas as religiões, e justamente aquele que vem sendo relegado pelos maniqueísmos da contemporaneidade.

– Muitos de nossos problemas atuais derivam do fato de que não adotamos a Regra de Ouro de todas as tradições religiosas, que a consideram central para a espiritualidade: nunca tratar os outros como você não gostaria de ser tratado – disse ela em entrevista publicada no caderno Cultura do último sábado.

Karen Armstrong é autora de, entre outros, Uma História de Deus (1993), Jerusalém: Uma Cidade, Três Religiões (1996) e biografias de São Paulo (1983), Buda (2001) e Maomé (1991). Em 2008, agraciada com US$ 100 mil concedidos pelo TED Prize, deu início à Charter for Compassion, iniciativa focada na promoção de paz e concórdia entre diferentes visões religiosas.

O Fronteiras do Pensamento Porto Alegre é apresentado pela Braskem e tem o patrocínio de Unimed Porto Alegre, Weinmann Laboratório, Santander, CPFL Energia, Natura e Gerdau. Promoção Grupo RBS. O projeto conta com a UFRGS como universidade parceira e com a parceria cultural de Unisinos, Prefeitura Municipal de Porto Alegre e Governo do Estado do RS.

Hoje os integrantes do Grupo Inter-religioso de Porto Alegre irão encontrar a Sra. Karen numa reunião almoço.

Fonte ZH

Assine a Carta pela Compaixão no site oficial do movimento. Junte-se às quase 100.000 pessoas e organizações que já assinaram a determinação de colaborar para a restauração da compaixão ao centro da moralidade e da religião.

Nota: A Sanga Águas da Compaixão – Jisui Zendô é parceira da Carta pela Compaixão desde 2010.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: